Podcast 2 em 1 #44 – O Cristão e a Guerra

Nesse episódio, Davi, Junior e Cacau discutem sobre o posicionamento de um cristão na guerra, como agir e em qual situação. (Duração – 67:00)

 

Acompanhe o Juntos em 1 Nas Redes Sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

iTunes:

Assine!

Feed:

Assine!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Muito bom o episódio pessoal.

    Realmente é um tema complexo. Por um lado, pode-se defender que, como o Cristão deve se submeter às autoridades, ele deve ir para a guerra e respeitar as ordens (exceto negar a Cristo, é claro). Por outro lado, pode-se defender que devemos ser como Cristo, e Cristo jamais precisou “lutar”, nos ensinando a dar a outra face. E agora? hehehehe É complicado, mas curti o debate de vocês.

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

    • Cacau Marques

      Valeu, mano. As opiniões minha e do Jr. divergem na teoria, mas na prática somos os dois bem pacíficos… kkkkk. Quisemos realmente lançar um debate não muito conclusivo para estimular a conversa entre os cristãos. Acho que isso nos ajuda a nos posicionarmos nos casos específicos, já que cada guerra tem suas particularidades.

  • Que papo maneiro, manos! Um assunto que é difícil demais a gente chegar a um consenso, já que não faz parte da nossa cultura (graças a Deus!).

    Mas quero aqui reiterar o que disse no Twitter: o Cacau só falou verdades nesse episódio (de vez em quando ele acerta). Hahahahaha!

    Abraço, amigos!

    • Cacau Marques

      YEAH!!! É nóis!

  • Caras…blz, achei o tema do podcast muito bom. Poderiam explorar mais sobre o sofrimento do cristão no meio da guerra (por exemplo, Síria, Nigéria, etc.) o Jesner é ótimo nisso!!!

    A respeita das hipóteses (meio confusas…rs), na bíblia diz que devemos ser subordinados a autoridade terrena e entendo que isso tem a ver com as funções bélicas de um país. Leiam Romanos 13:1-7.

    Grande abraço e vou continuar acompanhando vocês.

    Franklin Almeida

    • Cacau Marques

      Fala, cara. Valeu pelo comentário. Ouço direto vocês lá no GraçaCast.

      O enfoque estava mais para essa polêmica do posicionamento do cristão em época de guerra. Desde o início tínhamos esse intuito, então nem pensamos muito em ampliar para a questão do sofrimento. É claro que esse tema é importantíssimo e sempre oro pelos que sofrem em zonas de guerra, mas acabou ficando fora do recorte temático do episódio.

      Sobre Rm. 13, eu concordo com você, mas a discussão prévia pode prejudicar a aplicação desse texto. Explico: o texto fala do governo que deve cumprir o propósito de manter a justiça, se a guerra é injusta (a primeira discussão) o cristão não deveria se submeter a esse governo, pois ele não cumpre com o propósito original para o qual foi empoderado por Deus. A partir daí, eu e o Jr. divergimos. O Junior defendeu que o Cristão não deve então participar da guerra nesse caso. Eu defendi que, caso se aliste, o Cristão não peca se no campo de batalha ele procura um posicionamento condizente com sua fé.

      Também tem a questão de cada guerra ser diferente uma da outra. Penso que em cada uma devemos lançar um olhar crítico sobre a política nacional e sobre nosso posicionamento. Por isso não fecho questão impondo um mesmo posicionamento em todos os casos.

      Mas a certeza mesmo é a de que o assunto dá muito pano pra manga e é bom continuarmos essa discussão aqui nos comentários e nas nossas igrejas.

      Abração, mano.

  • Pingback: Podcast 2 em 1 #90 – Até o Último Homem | Juntos em 1()